Projeto Água de Coco: Saúde e Sustentabilidade

0
894

Como tudo começou…

Mais de 30 km da orla das cidades de Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália possuem cabanas de praia, entre essas, a do La Torre Resort. Como é comum no litoral brasileiro, em especial, no Sul da Bahia, onde a produção de coco é em grande escala, a água de coco é um dos produtos mais consumidos nas cabanas de praia dessa região e ocasiona um acúmulo diário de toneladas de resíduos no meio ambiente. Essa preocupação com o local de armazenamento desse resíduo até a coleta, período durante o qual fica suscetível ao acesso e proliferação de insetos e outras pragas, bem como o destino desse lixo, tendo em vista que a casca do coco demora cerca de 20 anos para se decompor, levaram a equipe do Resort La Torre a buscar alternativas para amenizar os impactos ambientais e auxiliar o poder público que até então era o responsável pela coleta desse lixo. Calculando o tamanho do impacto proveniente do descarte das cascas de coco no lixão, a diretoria do Resort chegou à conclusão de que a necessidade de se tomar uma medida para extinguir ou ao menos minimizar esse impacto era iminente, pois um copo de 250 ml de água de coco gera mais de 1 kg de lixo e a quantidade média de água de coco consumida diariamente pelos hóspedes do Resort equivale a aproximadamente 600 cocos, ou seja, só os resíduos do coco verde somavam mais de 600 kg de lixo.

Objetivos

  • Viabilizar estrutura física para armazenamento e manipulação de cocos para a extração da água;
  • Orientar o fornecedor sobre as devidas técnicas de manipulação e beneficiamento do produto;
  • Extinguir o impacto visual do acúmulo de lixo resultante da extração da água de coco;
  • Extinguir o impacto ambiental do resíduo de coco verde, transformando-o em produto utilizável na empresa e/ou pela comunidade;
  • Auxiliar e orientar o fornecedor nos cuidados com o lixo resultante da manipulação do produto consumido no resort, assumindo uma responsabilidade compartilhada.
  • Reduzir o lixo destinado ao lixão municipal;
  • Transformar resíduo descartável em produto utilizável.

Resultados

O reaproveitamento da casca do coco feito pelas empresas La Torre e Coco Bahia já reflete na exclusão de 25000 cocos/mês que eram coletados pelo serviço de limpeza pública e levados ao lixão a céu aberto. Com consultoria especializada, adequação do local de trabalho e novos equipamentos, o La Torre orientou e financiou a ampliação da empresa Coco Bahia, permitindo atender ao La Torre e mais clientes, gerando novas vagas de trabalho, apoio a pequenos produtores e soluções sustentáveis ao negócio.

O projeto resultou em estudos sobre as propriedades da fibra do coco, seus benefícios, utilidade e agronegócio. O adubo produzido é utilizado pela equipe de jardinagem do resort e a empresa vislumbra as potencialidades desse mercado. A iniciativa tem inspirado profissionais de outras áreas do Resort e também fornecedores a buscar soluções criativas e lucrativas que contribuam para os cuidados com o meio ambiente, preservação das belezas naturais e do patrimônio cultural da região.

Equipe envolvida

O La Torre disponibilizou equipe técnica, adiantamento de R$ 52.990,00 ao fornecedor para aquisição de máquina, veículo, adequação de processos e infraestrutura, 20 galões para acondicionamento da água de coco e o local para compostagem do resíduo. A utilização da água de coco natural resultou em alto grau de aceitabilidade do consumidor; redução de 30% do investimento que era feito em água de coco industrializada; economia de 20% de investimento na compra de adubo orgânico utilizado no Resort.

O projeto é executado por cerca de 10 pessoas, sendo o Jucimário, proprietário da Coco Bahia com seus 3 funcionários, Roberta (auditora interna em alimentos e bebidas) Gabriela (nutricionista), Péricles (supervisor de jardinagem do La Torre) e mais 3 jardineiros do resort. O projeto reflete diretamente no trabalho dos profissionais da coleta de lixo do município, no cultivo dos coqueirais e lavouras de fazendeiros da região, na geração de emprego e renda para a comunidade.

Turismo Sustentável

O La Torre trabalha um turismo de natureza, que adéqua serviços e ambientes valorizando a cultura local e em especial as peculiaridades da Mata Atlântica.

O projeto garante o fornecimento sustentável de um produto de desejo do público consumidor, evitando a produção de resíduos, estimulando o desenvolvimento econômico da região e envolvendo a comunidade local em uma consciência de responsabilidade compartilhada, inspirando a criação de ações economicamente viáveis e ecologicamente corretas.

Não faltam motivos para continuar…

Projeto simples, fácil aplicabilidade e baixo custo; mas devido o fato de não haver nenhuma iniciativa semelhante na região, aliado ao fato do novo adubo não ser um produto muito conhecido, a equipe do La Torre precisou pesquisar e argumentar sobre as vantagens da nova parceria, para assim firmá-la e alcançar a conscientização da necessidade de ações sustentáveis.

A aceitação do novo adubo pelos fazendeiros está em andamento, pois almejam ver o resultado antes de realizar a troca.

O projeto é pioneiro na região e no trade turístico, diferencial, inovador, sustentável e lucrativo. Não é aplicado em outras empresas hoteleiras, é desenvolvido de maneira compartilhada, envolvendo a comunidade através dos colaboradores das empresas parceiras, auxilia o trabalho de órgãos públicos reforçando o conceito de que o turismo e os destinos turísticos funcionam melhor quando as iniciativas públicas e privadas se unem em objetivos comuns.

E as ações sustentáveis continuam…

DEIXE UMA RESPOSTA